DESAFIO DO DIA - SIMULADO ONLINE DIÁRIO

(Mackenzie 2013/2) Existe uma classe muito comum de fertilizantes minerais mistos denominada NPK. Essa sigla deve-se à presença na composição desses fertilizantes de substâncias, contendo nitrogênio, fósforo e potássio. O nitrogênio age nas folhas das plantas, bem como em seu crescimento, o fósforo atua na floração e no amadurecimento de frutos além do crescimento das raízes e, finalmente, o potássio, responsável pelo equilíbrio da água no vegetal como também em seu crescimento. Nas embalagens comerciais desses fertilizantes, após a sigla NPK, é citada uma sequência numérica que expressa os percentuais em massa de nitrogênio, fósforo e potássio, respectivamente. Considerando um fertilizante NPK 04-14-08, é correto dizer que, para uma embalagem comercial de 500 g, há:

40 g de nitrogênio, 140 g de fósforo e 80 g de potássio.
20 g de nitrogênio, 70 g de fósforo e 40 g de potássio.
2 g de nitrogênio, 7 g de fósforo e 4 g de potássio.
4 g de nitrogênio, 14 g de fósforo e 8 g de potássio.
0,4 g de nitrogênio, 1,4 g de fósforo e 0,8 g de potássio.